28 outubro 2014

{Resenha} Se Eu Ficar (If I Stay)



Oi Oi Gente. Tudo bem por aqui? Então depois de um tempo (novamente? Assim não pode Luna.) sem postar, venho com novidades \o/. Resenha nova pra vocês e dessa vez é do queridíssimo Se Eu Ficar. Vamos à resenha?


Direção: R. J. Cutler
Gênero: Drama/Romance
Duração: 107min
Distribuidora: Warner Bros
Orçamento: US$ 11 milhões
Estreia: 04 de Setembro de 2014

Sinopse: Aos 17 anos, a musicista Mia é uma adolescente como tantas outras. Tem pais amorosos, uma melhor amiga e um namorado apaixonado. Sua vida, no entanto, não é livre de escolhas dolorosas, como decidir se permanece fiel ao seu primeiro amor – a música –, mesmo que isto signifique perder seu namorado e deixar todos os que ama para trás.

Em uma manhã de fevereiro, Mia sai para um passeio com a família e, em um instante, tudo muda. A última coisa que lembra é estar no carro com seus pais e seu irmão mais novo, Teddy, em uma estrada repleta de neve. De repente, está em pé fora do seu corpo, ao lado dos cadáveres de seu pai e sua mãe, observando ela e o irmão serem atendidos pelos paramédicos.



Quando vi o trailer de Se Eu Ficar na sala de cinema quando fui assistir A Culpa é das Estrelas a primeira coisa que veio ao meu pensamento foi “poxa eu tenho que ver esse filme” e assim que foi lançado matei a minha vontade. Se Eu Ficar, conta a história de Mia, uma adolescente musicista que tem uma vida realmente bela, é apaixonada por música clássica e violoncelo ao contrário de toda a família rockeira e o namorado também, tem uma melhor amiga que é quase uma irmã e uma família incrível, mas tudo fica por um fio depois de um acidente de carro e Mia precisa escolher entre ficar e lutar pelo amor ou se deixar abater.




Assim com ACDESe Eu Ficar” trás um tema mais delicado e que nem sempre passa pela cabeça dos adolescentes, a morte, mas ao contrário do primeiro onde a morte é algo constante e que se é esperada a qualquer momento, neste a morte vem inesperadamente e cabe à personagem lutar e decidir entre sobreviver ou deixar o curso natural correr. O filme basicamente começa no momento em que o acidente acontece, já que a história da Mia nos é apresentada por meio de flashbacks enquanto ela decide entre ir e ficar.




O romance entre a doce personagem e o rockstar Adam é tipicamente de livro, ou seja, perfeito na maioria do tempo até o momento em que ele começa a fazer sucesso e as dúvidas começam a surgir. Já que Mia quer um mundo e ele quer outro completamente oposto, ela quer Julliard e ele quer o mundo.




O filme é doce, envolvente e emocionante, o relacionamento entre Mia e Adam é intenso e bonito de ser visto, mas no meu ponto de vista é um tanto clichê. O único ponto negativo em minha opinião é o desfecho, eu esperava mais do final, esperava uma coisa totalmente diferente e isto me desagradou bastante. Não há o que reclamar do elenco e nem da atuação, todas foram perfeitas, a relação entre a atriz Chloe Grace Moretz (Mia) e o ator Jamie Blackley (Adam) é de extrema afinidade e convence o publico do relacionamento dos personagens, o ator Stacy Keach que interpreta o avô da Mia foi o personagem que mais conseguiu me emocionar, a relação dele com a neta é linda e realmente emocionante me fez ficar com lágrimas nos olhos, assim como a abdicação da família em realizar o sonho da pequena Mia. E essa relação familiar foi o que eu considerei mais emocionante em todo o filme e o que me fez ter vontade de chorar.




A trilha sonora foi muito bem fundamentada e criada passando de músicas clássicas ao rock’n roll não somente aparecendo em momentos da narrativa, mas sendo um ponto importante e necessário na narrativa. Devo ressaltar que uma das minhas músicas favoritas do filme está bem no final e é simplesmente linda. Do mais o que posso dizer é que apesar das 3 estrelas que vou dar, o filme é realmente bom e merece sim ser visto não me fez chorar, mas seria interessante se preparar para fortes emoções e uma confusão de sentimentos.













-Venha visitar o meu blog: Resenhas da Lua



5 comentários:

  1. Oi Luna, li o livro um pouco antes da estreia do filme, na verdade eu gostei mais do filme do que do livro..
    O personagem que fez o Adam foi o único ator que não me conquistou, os outros, foram perfeitos! O filme é lindo e me emocionei, mais também não chorei assim como no livro.

    Beijos Mila
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/2014/10/resenha-o-homem-perfeito-vanessa-bosso.html

    ResponderExcluir
  2. Sabe, não gosto de livros e filmes tristes!
    Mas cheguei a pesquisar sobre o livro e vi que nem todo mundo gostou. Então escolhi esperar pra ver o filme. Esperei tanto que ate agora não vi rs

    ResponderExcluir
  3. Olha eu li sua resenha e simplesmente amei tudo que você escreveu, até porque você contou tudo e mais um pouquinho do livro e fiquei encantada com as imagens que você foi colocando durante a postagem. Ficou simplesmente maravilhoso. Meus parabéns pelo seu capricho e cuidado. Eu li o livro e simplesmente adorei também, mas eu esperava que a autora explorasse mais os pontos que a Mia ficava no hospital, porque no restante ficou tudo ótimo sabe. Eu gostei muito de tudo que foi contado sobre a vida dela e tudo mais. Só que ela perambulando pelo o hospital eu achei que foi meio estranho. Achei interessante, mas queria que acontecesse mais coisas.

    Enfim...

    Depois que recebi PARA ONDE ELA FOI eu fiquei encantada pelo livro, porque muitas coisas são explicadas e tenho certeza que vc vai adorar ler. Logo estou colocando a resenha no meu blog, mas eu não vou contar muita coisa do livro pra todo mundo poder ler e ter curiosidade, até porque é PERFEITO. =]

    Se cuida linda e fica com Deus

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Estou lendo esse livro e sinceramente não estou tão derretida por ele como eu fiquei quando eu vi o trailer do filme. Estou querendo dar um tapa na Mia. Mas vou terminar a leitura para ver se meu pesamento muda.
    Beijos > Estou seguindo seu blog, se quiser seguir o meu fique a vontade

    http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Achei essa adaptação muito perfeita e não senti que faltou algo no filme, o que é muito raro. Os atores interpretaram bem os personagens, a trilha sonora é incrível e eu engraçado, chorei mas no filme que no livro. Amei!!

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir

Olá, leitores e blogueiros.
Os comentários de vocês são muito bem-vindos.
Respondo a todos, deixe o link de seus blogs,
vou adorar visitar e comentar.

Bem vindos a Love Books.