18 julho 2014

{Resenha} O Enigma das Estrelas (F. T. Farah)


Olá leitores e blogueiros,

Vamos conferir a resenha que fiz de um livro da Geração Editorial, parceira aqui do blog.



Livro: O Enigma das Estrelas
Autor: F. T. Farah
Editora: Geração
Páginas: 160

No Skoob

Sinopse: Uma aventura eletrizante, um enigma perturbador Antes de ser queimado em praça pública, um padre amaldiçoa Morro do Ferro. Pouco depois, luzes misteriosas começam a perseguir seus moradores. O vilarejo mineiro, cercado por erosões sinistras, é o destino das férias de julho de cinco amigos: Jonas, Alfredo, Carola, Carmem e Vicentinho.

No primeiro volume da saga Clube dos Mistérios, a turma é encorajada a acampar no topo do Morro dos Anjos. Uma experiência do outro mundo marcará suas vidas. Para sempre.

Prepare-se para desvendar o enigma das estrelas. Mas tome cuidado. Alguém pode estar observando seus passos...





Iniciamos a leitura com um prólogo que me deixou muito confusa e curiosa sobre a história. Que com o decorrer da leitura, o autor foi conseguindo, nos explicar o que de fato aconteceu no inicio do livro. Logo em seguida vamos conhecendo os personagens principais da narrativa, os adolescentes Vicentinho, Alfredo, Jonas, Carola e Carmem que estão ansiosos para se reencontrarem e passar as suas férias em Morro do Ferro, uma cidade do interior de Minas Gerais.

"Como todos os moradores daquela região mineira, já ouvira diversos ‘causos’ de luzes misteriosas que surgiam no céu e desapareciam sem deixar rastro."
Pág. 10

Uma lenda rola solta em Morro do Ferro onde os moradores comentam que um padre foi queimado vivo por ter um pacto com o diabo e ter sido encontrado junto a uma moça nua, ele foi amarrado e morto em uma árvore no meio da praça e que, antes de morrer lançou uma maldição sobre a cidade. Após esse dia a cidade sempre se depara com luzes misteriosas e bolas de fogo que cruzam o céu. Também a boatos de óvnis, visitando a cidade e de casos de pessoas que afirmam até ter sido abduzido por extraterrestres.

"Sempre que ele via algo estranho no céu, no dia seguinte um boi ou vaca aparecia morto no pasto, sem várias partes do corpo. Era horrível ver aquilo."
Pág. 25

Os cinco amigos após chegar à cidade e saber de tais histórias ficam animadíssimos com as férias que terão naquele lugar tão inusitado. Então, com a autorização de seus pais, eles seguem rumo ao topo do Morro dos Anjos onde ficaram acampados por alguns dias. A narrativa de fato pra mim começou a rolar a partir dai. Onde muitas coisas sem sentido vão começar a acontecer e deixara o leitor com muita curiosidade para saber o que está acontecendo.

"A criatura enfiou o cilindro em sua narina esquerda. Após sentir pontadas doloridas na cabeça, sua vista escureceu e ele, novamente, perdeu os sentidos."
Pág. 90

O autor é brasileiro para quem não sabe, e a escrita dele nesse livro é voltada para o publico jovem, você vai encontrar algumas gírias, mas nada que atrapalhe a leitura. Dependendo do capítulo ou do que o autor citou durante a narrativa, ele sempre vai colocar quadros que expliquem o que ele está se referindo. Achei isso muito importante, para que compreendemos a visão do livro. Outra coisa que chamou minha atenção foram as ilustrações que nos acompanha em cada inicio de capítulo, dando um toque diferente ao livro. A Geração Editorial caprichou na textura das páginas e na diagramação. Outra coisa que ia me esquecendo, é que o autor colocou e citou diversas vezes Raul Seixas, só vocês lendo para saber onde ele se encaixa na narrativa. Recomendo.

"Várias pessoas nos vêem todos os dias. Muitas preferem o silêncio, outras resolvem contar o que aconteceu, outras simplesmente esquecem. Isso não importa. De uma maneira ou de outra, os escolhidos nos ajudam a preparar o futuro. E o futuro é a volta ao passado."
Pág. 109


Nota: 

> Para saber mais sobre o autor e o livro, clique aqui.


14 comentários:

  1. Boa noite Solange !!!

    Como sempre tu fazendo ótimas resenhas e fazendo com que leitores se interessem mais por livros, fico grato por você me estimular a sempre ler mais. Quanto a história achei bem interessante o autor fazer um conto buscando as raízes mineiras e aproveitando de historias típicas, gostei muito.

    Bjos.

    ResponderExcluir
  2. ótima resenha , a cada dia nossos autores brasileiros se destacam na literatura com ótimos livros. Irei colocar na lista de leitura.

    abraços

    Joyce

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto muito quando os livros trazem ilustrações. Acho que todas as editoras/autores deveriam investir nesse recurso.Eu não sabia que o autor era brasileiro *-*
    Estamos cada vez mais tomando conta do mercado e isso é muito bom! =))
    Parabéns pela resenha!

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  4. Oi Sol.
    Já achei a história um tanto bizarra: padre queimado por ter pacto e encontrado ao lado de moça nua....medo.
    Mas quando apareceu ali bolas de fogo e suspeita de ovnis, fiquei interessada, nunca li nada sobre extraterrestres.
    Gostei da dica.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  5. OI Solange, tudo bem?
    Já li algumas resenhas desse livro e as pessoas estão bem divididas, uns estão gostando muito e outros nem tanto. Acho que vou ter que ler para ver se gosto ou não. Independentemente disso, só pela sinopse e pelo enredo, é bem o meu estilo. E o livro deve ser lindo com essas ilustrações.
    beijinhos.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie,

    Nunca li historias com óvnis, e nem livro com muitas ilustrações, me surpreendeu o fato de o autor ser brasileiro, acho que eu iria amar a leitura, amei essa capa e já li várias resenhsa desse livro, e só me faz ter mais vontade de lê-lo.

    Mayla

    ResponderExcluir
  7. Eu não fiquei interessada em ler esse livro, então mandei pra minha colunista, e ela gostou. Que bom que vc também curtiu. ;)
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  8. Oi Solange,

    Não conhecia o livro nem o autor. Mas vou ser sincera, não gostei muito do enredo do livro. Sua resenha está ótima, e apesar de você ter gostado e de ser para o público jovem, não conseguiu me conquistar.

    Beijos,

    --
    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, Solange!

    Acredita que eu não sabia que esse livro era nacional? Já o vi diversas vezes em outros sites/blogs, mas nunca tinha parado para prestar atenção. Fico altamente contente em saber que a literatura nacional vem ganhando cada vez mais espaço no nosso país! Parabéns pela resenha, ela está altamente instigante e convidativa.

    Até mais,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Gostei do toque que as ilustrações deram, mas não curti muito a história. Essa parte do Raul Seixas, sinceramente, não consegui entender o motivo de ter sido colocada; e também não gostei do tipo de extraterrestre escolhido pelo autor, digamos que criei verdadeiro pânico deles e não consegui me envolver com a leitura. Mas que bom que você gostou do livro!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  11. Oieee, o livro parece ser bem legal, já li várias resenhas do mesmo, a maioria delas positivas, mesmo assim não tenho tanto interesse assim em ler, se eu ganhasse de presente, claro que não iria recusar, mas não é aquele livro que quando você olha na livraria você gasta todos os seus investimentos para comprar rs, entende??? Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Oi Solange!
    Não conhecia o livro, mas gostei da premissa e do que o autor criou.
    Se der, darei uma procurada sobre ele. :)

    beijos!
    www.cinefilandobr.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Não é o tipo de livro que constumo ler, mas parece ser um livro muito legal.
    A sua resenha está perfeita.
    Beijinhos!
    http://www.eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá Flor!
    Adorei a resenha! A literatura nacional está ótima, em todos os estilos! Gosto de livros assim mais juvenis, é bom para mim que acabo lendo muitos adultos, para equilibrar!
    ahahhahaa
    Adorei a dica e anotada!
    Não tenho problemas com gírias, até uma das minha autoras preferidas usa muitas nos seus livros e eu curto!
    Grande beijo!
    Paulinha Juliana - Overdose Literária
    http://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá, leitores e blogueiros.
Os comentários de vocês são muito bem-vindos.
Respondo a todos, deixe o link de seus blogs,
vou adorar visitar e comentar.

Bem vindos a Love Books.