20 junho 2014

{Dica da Semana} A culpa é das Estrelas.


Olá leitores,
Vamos conferir a postagem da colunista do Love Books a Báh Carolina.



Achei que eu não teria o que falar sobre o filme, afinal, não li o livro e não me interessei em nada sobre. Ouvi muitas e muitas pessoas falando sobre o livro e filme. Minha irmã começou a ler e termino bem rápido, disse que eu tinha que ler que eu amaria. Na minha cabeça eu tinha um resumo super hiper simples: “Menina se apaixona por menino, os dois são doentes e terminais. No meio disso tudo descobrem o único, primeiro e último amor verdadeiro”. Agora coloquei o livro na minha listinha “Para ler”.
De fato uma das coisas que me levou ao cinema foi o trailer com a música do One Republic – What you Wanted.



Ano: 2014
Direção: Josh Boone
Gênero: Romance / Drama
Autor: John Green

Sinopse:


Diagnosticada com câncer, Hazel Grace Lancaster (Shailene Woodley) se mantém viva graças a uma droga experimental. Após passar anos lutando com a doença, ela é forçada pelos pais a participar de um grupo de apoio. Lá, conhece Augustus Waters (Ansel Elgort), um rapaz que a faz querer viver, amar e que também sofre com câncer. Os dois possuem visões muito diferentes de suas doenças: Hazel preocupa-se apenas com a dor que poderá causar aos outros, já Augustus sonha em deixar a sua própria marca no mundo. Apesar das diferenças, eles se apaixonam. Juntos, atravessam os principais conflitos da adolescência e do primeiro amor, enquanto lutam para se manter otimistas e fortes um para o outro.



O QUE EU ACHEI:

Assisti ao filme no dia da estreia, foi péssimo, sala cheia de menininhas apaixonadas pelo Augustus. Gritavam, pulavam, choravam e acho que a única coisa que fizeram de fato foi não assistir ao filme. Ainda bem que a sessão era legendada, porque só assim para poder acompanhar a história.

Posso dizer que me surpreendi, com o filme, com a história, a trilha sonora me fez ficar cada segundo mais apaixonada por tudo. E o que dizer do Ansel Elgort, gente que carisma, não assisti Divergente e não me lembro dele em Carrie – A Estranha, mas certeza que a partir deste momento jamais esse menino vai ser esquecido. A Shailene Woodley eu me lembro dela em Os Descendentes e já havia gostado da atuação dela no filme.





Eu disse que não iria chorar com essa história de amor adolescente, mas não consegui, as lágrimas caiam sem minha permissão. A cada música nova que iniciava me apaixonava mais e mais por tudo. Já comecei a chorar quando a viagem a Holanda deu certo e ela foi surpreendida pela mãe. 


Sai do cinema com a vontade de chorar mais uns três dias sem parar. Sai do cinema com vontade de ter lido o livro antes, as pessoas estão dizendo que a história foi muito fiel. O que sabemos ser tão difícil de acontecer. Vou tentar ler esse ano ainda, talvez passe ela na frente na minha listinha.




Eu já tenho todas as músicas e tirando a Bomfallarella todas são ótimas. Um filme que trás novidades musicais e a trilha consegue fazer o filme ficar "beeeem" melhor para as pessoas que não leram o livro e foram assistir.




O filme nos faz sorrir sozinhos, nos faz chorar sem querer e nos deixa esperançosos por essa casal tão jovem e que ainda teria tanto o que viver juntos.

Espero que vocês tenham gostado da dica desse semana! Assistam e ouçam a trilha todinha. Chorem. Inspirem-se com um amor tão puro. Amar alguém, só pode fazer bem!






 Visitem meu blog: Ironicamente Inusitado


11 comentários:

  1. Olá!
    Eu já li esse livro e me apaixonei pela história. Ainda não tive tempo de ir ao cinema, mas com certeza irei ver o filme. Estou ansiosa por isso.
    Adorei o post.
    Beijinhos! http://www.eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Se vc ficou assim com o filme, PRECISA ler o livro. É muito melhor, porque descreve os sentimentos da Hazel, tem cenas que foram cortadas na adaptação... Impossível não chorar mesmo. Dá uma chance a ele. É modinha, mas é legal. ;)
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  3. Olá

    Assim como você fui em uma sessão na estreia cheia de meninas gritando e etc. Uma droga... O que eu não faço pelos meus amigos? Minha ideia era de assistir em casa daqui há um tempo, mas enfim não tinha conhecimento da trilha sonora antes de assistir e gostei de três músicas apenas: Simple As This, No One Ever Loved e What You Wanted. O resto não me agradou muito. Já tinha lido o livro e gostei da adaptação de forma geral.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  4. Eu ja tinha lido o livro e sinceramente ele nao mexeu tanto comigo. Entao fui para a sala de cinema bem discrente e confesso que me surpreendi.
    Sim, minhas lagrimas também nao tinham permissão para rolar, e ainda sim elas insistiam em cair.
    O filme foi lindo demais!!

    Beijos, Dreeh
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Bah!

    Eu quero muito ler e assistir ao filme. Talvez eu assista e não leia. Mas todo mundo tá dizendo que é realmente bem bonito e que vale a pena. Adoro esse tipo de filme.


    Beijos,
    Cinefilando Br

    ResponderExcluir
  6. Oi,
    Menina eu ainda não assistir ao filme, mas espero em breve ir ao cinema, confesso que esperei tanto tempo exatamente por esse motivo, as fãs gritando eu não iria de jeito nenhum curtir.
    Já li muitas opinião sobre o filme e todas falam que foi muito fiel ao livro, espero que eu goste tanto quando eu gostei da leitura.
    Eu já tinha ouvindo a lista de músicas e adorei também.
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  7. Oi Bah... Não consigo ler uma resenha sobre esse filme sem me arrepiar e fico contente em saber que o filme tem agradado a todos... que tem sido unanimidade mesmo para quem ainda não leu o livro. Ainda não assisti. Só vou conseguir dia 30/06 e a minha ansiedade aumenta cada vez mais. Ainda bem que não fui assistir na estreia... ando meio cansada das meninas com seus gritinhos e atrapalhando um pouco a nossa concentração. Espero que o cinema não esteja tão cheio quando eu for. Bom eu li o livro e confesso que não gostei tanto quanto achei que fosse gostar. Acho que gerei muitas expectativas por ter passado o ano de 2013 ouvindo a comoção das pessoas com essa leitura e fui com muita sede ao pote e me frustrei. Mas não achei ruim só esperava mais. Desde que saiu o trailer do filme tive certeza de que iria gostar mais do filme e acredito que isso vai acontecer, porque pelo que tenho lido por ai é bem isso mesmo. Que bom que gostou... assistir filmes que mexe com os nossos sentidos e nos faz pensar é bem gratificante na minha opinião. Xero!!!

    ResponderExcluir
  8. Estou lendo o livro e ele tem tido os mesmos efeitos sobre mim, isso sobre rir sozinho e chorar sem querer... Fiz questão de ler antes de ver o filme, e espero terminar a tempo de vê-lo no cinema, porque parece que ficou realmente incrível!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  9. Oi Bah, tudo bem?
    Risos... Ir a estreias é assim mesmo, ainda mais com um filme tão esperado.
    Eu também não iria gostar, acho que estraga o clima do filme ter pessoas ao seu redor gritando, risos..
    Mas ainda bem que apesar desse contratempo, você conseguiu ver o filme e amou.
    Eu vou ver esse filme também, se aguentar (pois a história é muito triste), eu parto finalmente par o livro.
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Hey Bah, por que sera que toda vez que leio um post sobre o filme eu me pego mais angustiada e triste. hahahahahaha
    Olha eu quero muito ver o filme, mas não li o livro, e tenho aquilo de que ler vem primeiro e depois o filme. Mas por estar tão bem falado e que só leio elogios tenho medo de ler e não gostar e assim com o filme.
    Mas se você que não achava tudo aquilo se emocionou... ai senhor tó me vendo aqui louca para assistir. Ok, muita calma nesta hora.
    Bah eu adorei saber sua opinião sobre o filme. Vamos ver se eu sossego aqui.hahahaha

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  11. Oi Bah!
    Eu não me emocionei tanto quanto vc! Eu sou fã do livro e eu ameiiii cada segundo dele, mais para mim faltou algo no filme, só não sei o que! Que bom que amou assim! O Ator que faz o Guss é carismático mesmo, o personagem por si só já é! Ele fez um ótimo trab!
    Beijos

    ResponderExcluir

Olá, leitores e blogueiros.
Os comentários de vocês são muito bem-vindos.
Respondo a todos, deixe o link de seus blogs,
vou adorar visitar e comentar.

Bem vindos a Love Books.