11 maio 2014

{Resenha} Rangers: Ordem dos Arqueiros - Ruínas de Gorlan. V. 01 (John Flanagan)


Olá leitores e blogueiros,

Vamos conferir a resenha do livro que solicitei da Editora Fundamento. Desde já agradeço por fornecer este livro e desculpas pelo o atraso.



Livro: Rangers: Ordem dos Arqueiros - Ruínas de Gorlan. V. 01
Autor: John Flanagan
Editora: Fundamento
Páginas: 239

No Skoob



Sinopse: Durante a vida inteira, o pequeno e frágil Will sonhou em ser um forte e bravo guerreiro, como o pai, que ele nunca conheceu. Por isso, ficou arrasado quando não conseguiu entrar para a Escola de Guerra. A partir daí, sua vida tomou um rumo inesperado: ele se tornou o aprendiz de Halt, o misterioso arqueiro, que muitos acreditam ter habilidades que só podem ser resultado de alguma feitiçaria. Relutante, Will aprendeu a usar as armas secretas dos arqueiros: o arco, a flecha, uma capa manchada e... um pequeno pônei muito teimoso. Podem não ser a espada e o cavalo que ele desejava, mas foi com eles que Will e Halt partiram em uma perigosa missão: impedir o assassinato do rei. Essa será uma viagem de descobertas e aventuras fantásticas, na qual Will aprenderá que as armas dos arqueiros são muito mais valiosas do que ele imaginava.


Na Bienal de PE do ano passado, me deparei com este livro em destaque em una dos estandes e logo de cara me apaixonei pela capa e fui ler a sinopse para saber exatamente do que o livro se tratava. Infelizmente não comprei o livro. Agora que o Love Books conseguiu parceria com a Editora Fundamento, tive a oportunidade de conferir à narrativa. Bem, o livro ultrapassou minhas expectativas.

Iniciamos a narrativa conhecendo Will, Jenny, George, Horace e Alyss que são conhecidos como os protegidos. São crianças órfãos de pai e mãe onde são criadas pelo barão Arald. Ao completarem 15 anos passam pelo dia da Escolha, uma data muito importante para todos, pois cada protegido irá se candidatar a aprendizes de mestres de vários ofícios que servem ao castelo. Alguns deles já tinham suas habilidades formadas e já estavam certos para cada mestre de ofícios, mas Will e Horace queriam entrar para a Escola de Guerra. Horace tinha potencial, por ser grande e forte. Já Will não tinha as qualificações para entrar na Escola de Guerra, pois era pequeno, magro e isso dificultava o seu desempenho.


"O barão franziu a testa e Will sentiu as esperanças desaparecerem. - Escolha de Guerra, Will? Você não acha que é... Um pouco pequeno para isso? - o barão perguntou com delicadeza. Will mordeu o lábio. Ele tinha se convencido de que, se desejasse muito, se acreditasse bastante em si mesmo, seria aceito, mesmo com suas falhas evidentes."
Pág. 27


Como esperado o escolhido para a Escola de Guerra foi Horace, assim Will ficando um pouco decepcionado e preocupado com o seu destino. Para sua surpresa ele foi designado para a Ordem dos Arqueiros, onde essa população era visto com maus olhos e ninguém sabia de fato o que eles faziam. Will será o aprendiz de Halt um dos arqueiros mais importantes do reino. Já os outros iram para outras escolas, Alyss foi indicado para o Serviço Diplomático, George Escola de Escribas e Janny para ser Cozinheira. A história em si é voltada mais para Will e com alguns capítulos sobre como está Horace na Escola de Guerra, os outros protegidos, não sabemos como estão se aperfeiçoando em suas escolhas.

Todos os personagens apresentados pelo o autor foram muito bem construídos e colocados na medida certa. Soube gostar de cada um, só o que me incomodou no inicio da narrativa, foi Horace, ele é muito boçal. Mas com um tempo, e com alguns acontecimentos que ele vivenciou na Escola de Guerra, ele foi se tornando uma pessoa melhor. Teve certos momentos que tive muita pena dele, pelo tipo de condições que ele estava vivendo na Escola de Guerra.

Mas nem tudo são tristeza, nem calmaria. Temos o vilão da narrativa, onde nesse primeiro livro, não sabemos muita coisa dele. Mas que já põem suas garras de fora, onde no final do livro, ficamos bem ligados à narrativa com os acontecimentos e é nessa parte onde Will terá que por em prática todo o seu treinamento. A Guerra só está começando, mas isso agente só vai ver nas continuações do livro. Esse primeiro foca mais na evolução de cada personagem, e como uma amizade verdadeira pode fazer toda a diferença.


"Halt é meu mestre, senhor, e ele está em perigo. Meu lugar é ao lado dele." 
Pág. 206


Gostei muito da escrita de John Flanagan, uma leitura fácil, leve e rápida, nos deixando presos a cada final de capítulo. E também não posso deixar de mencionar, que cada folha do livro é cheio de detalhes, deixando o livro com um ar diferente. Parabéns a Editora Fundamento, por deixar um livro mais especial do que ele já é. Gostei muito, lerei a continuação e super recomendo.





Nota:



Um comentário:

  1. Oi Solange, este livro parecer bem interessante. Vou anotar a dica para o meu filho, pois ele costuma gostar de livros neste estilo... Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir

Olá, leitores e blogueiros.
Os comentários de vocês são muito bem-vindos.
Respondo a todos, deixe o link de seus blogs,
vou adorar visitar e comentar.

Bem vindos a Love Books.