08 julho 2013

{Resenha} A Grande Rainha - A Saga de Mitrax (Sérgio Roberto de Paulo)



Olá leitores e blogueiros,

Hoje vos trago uma resenha bem especial, pois é seguida por uma promoção. Muito fácil participar. Fiquem ligados. Adianto que foi muito bom ler cada página deste livro. Vamos a resenha?




Livro: A Grande Rainha - A Saga de Mitrax
Autor: Sérgio Roberto de Paulo
Páginas: 368
Editora: Novo Século (Novos Talentos da Literatura Brasileira)

No Skoob 

Sinopse: No planeta de Micropella reside uma menina simples e humilde, Aara, que foi aclamada como a Grande Rainha de Brenor, graças ao seu espírito puro. Era o ano de 1074 quando Mitrax, o principal líder dos anjos, decide se apoderar dos cristais de diferentes poderes espalhados entre os reinos. Ele envia os seus exércitos na captura desses objetos, liderados pelo príncipe gigante Tipreus e pela maga degenerada Meissa. Para enfrentá-los, Aara conta com a amizade do mago Aldebaran, professor da Ordem de Lumerae, e de seu escudeiro, o hilário Gdu. Neste primeiro livro da série A saga de Mitrax, que se situa na Era dos Grandes Reis e Rainhas, monstros, magos imortais são alguns dos grandes desafios. E a personalidade complexa dos elfos, ondinas, salamandras, entre outros, é explorada a fundo, afirmando-se como uma trama rica, de grande diferencial da literatura fantástica.


Na apresentação do livro, me chamou atenção que o autor para construir esta obra reuniu elementos de outras sagas, tais como Harry Potter, As Crônicas de Gelo e Fogo, O Senhor dos Anéis, entre outras. Ao saber destes detalhes, fiquei animada e muito curiosa.

Para entendermos melhor quem é e foi Mitrax, o autor o descreve em uma folha onde nela lemos que ele foi um anjo caído que foi designado para cuidar do mundo. Mas antes disso o Senhor repartiu a Luz em forma de cristal, entregando cada um para os jovens espíritos. Ao Príncipe dos Homens, Mitrax, foi entregue o cristal negro para que ele fosse o regente do mundo dos mortos. Mas Mitrax com pena dos homens que morria aos montes começou a fazer o "bem" para eles, mas o "bem" de Mitrax é o mal, para a humanidade.



“Não há nada mais sutil e enganoso neste mundo senhora, do que a diferença entre o bem e o mal. Às vezes, fazer um bem se constitui num mal e fazer um mal a alguém acaba sendo o bem. E foi assim com Mitrax, o Caído, pois quis fazer o bem aos homens e acabou-lhe fazendo-lhes tanto mal, que se corrompeu irremediavelmente.” 
Pág.45


Conhecemos Aara, uma menina simples e humilde de 16 anos, que reside em Micropella no ano de 1074. Conhecida na Vila pelos seus dotes medicinais, Aara é uma jovem doce e bondosa, sempre ajudando e curando as pessoas com plantas medicinais. Ganhando a simpatia de todos que ali residem.
Sua vida não é um mar de rosas, pois quase todos os dias apanha de seu padrasto alcoólatra. Mas no fundo ela tem esperanças, que seu padrasto voltará a ser aquele homem bom.

Sua vida muda quando ela percebe que uns homens muito estranhos estão para invadir sua Vila. E num ato de heroísmo, Aara consegue reduzir boa parte destes seguidores de Mitrax, os que sobraram seguiram-na por entre a floresta, onde ela viu uma chance de se salvar. Ao passar o perigo ela decide ir até Beliária, pedir ajuda ao Rei Alionor para que ele protegesse os habitantes de Micropella.

No caminho para Beliária ela encontra algumas pessoas importantes, um deles Gdu, o Grande Rei dos Gnomos, uma figura pra lá de engraçada e muito atrapalhada. Me diverti muito com suas histórias e aventuras, ficarei com muita saudades deste personagem. Após várias surpresas e atrapalhadas, o Rei dos Gnomos, Gdu, leva Aara à seu destino.

Ao chegar em Beliária, Gdu não demorou para gritar aos quatro ventos que a Terceira Grande Rainha de Brenor, a Rainha de Copas, tinha chegado. No inicio, o mago Aldebaran não acreditou nesta hipótese, ficando com o pé atrás. Após o mago a observar e muitas insistências do Gdu, Aldebaran resolveu fazer o teste, onde ela teria que escolher um objeto, se acertasse qual era o objeto designado para a Rainha de Copas, então era possível que Aara fosse a Terceira Grande Rainha de Brenor.

Aldebaran passa a ensinar para Aara 12 Ensinamentos, que são estudos para se tornar um grande sábio na questão da magia e no senso da humanidade. Estes ensinamentos só podem ser aprendidos pelos magos e Grandes Reis. Neste livro só se passam 3 ensinamentos. Que serão importantes na derrota de Mitrax, que está ressurgindo das cinzas.


“... Aos oprimidos, oferecerei justiça,
Aos opressores, a minha espada.
Contudo, não odiarei o inimigo,
Pois nutrindo o ódio, tornar-me-ia fraco...”

Pág. 160


Aara ao decorrer do livro deixa de ser aquela menina assustada da Vila e se torna uma grande mulher, guerreira e corajosa, que não mede esforços para proteger seu reino. Apesar da pouca idade, não tem medo de se arriscar e querendo sempre saber mais e mais. Vimos uma evolução muito grande dela, deixando de ser uma menina do campo para se tornar uma guerreira, aclamada pelo seu povo.

Aventuras do começo ao fim, onde Aara a cada página, passa por uma prova, ensinamentos, conquistas e muitos perigos. Mas ela não está só, junto com ela estão o seu fiel escudeiro Gdu, o mago Aldebaran, os reinos aliados, entre outros.



“Apesar de todas as dores, a vida é bela e vale a pena ser vivida. Não desistas dela, ame cada segundo da tua vida e não deixes que nenhuma outra alma sequer, abaixo desse céu, desista dela”. 
Pág. 353


Sérgio Roberto de Paulo está de parabéns na escrita deste livro, tão completo e maravilhoso. Nos deixando com muitas dúvidas sobre algumas questões deixadas em aberto, só aumentando nossa curiosidade para ler a continuação e saber mais e mais, deste universo que foi criado. Os personagens foram muito bem elaborados, cada um com suas particularidades, os seres, os reinos. Se entrelaçando e deixando a leitura gostosa e fluida. Gostei muito de ler este livro e não vejo a hora de ler sua continuação.


Nota:

Para conhecer mais sobre o livro e o autor clique aqui.




13 comentários:

  1. Oi Solange, sua resenha ficou ótima, e o livro parece ser bem interessante. Não estou num bom momento pra este tipo de leitura, mas quem sabe futuramente? Vlw pela dica. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lia, que pena você não esta no
      momento para fantasias. Mas espero
      que quando surgi uma oportunidade,
      que leia a Grande Rainha, você
      vai gostar,
      bjs

      Excluir
  2. Puxa,Sol, eu estou com esse livro ,mas estou em falta com o autor. Estou tentando colocar em dia. Sua resenha está muito legal. O tema fantasia sempre traz história interessantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vê, arrume um
      tempinho para ler, vai gostar
      muito,
      bjs

      Excluir
  3. Bom, eu gostei dessas referencias à harry potter e tendo anjos caidos, magos e outros seres, minha vondade de ler cresceu consideravelmente...
    Que nome diferente, Aara, eu gostei e adorei os dons dela..
    Olha eu adoro livros cheios de aventuras e esse pelo que li é recheado..
    Super desejo, quem sabe não tenho a sorte de ganhar..

    beijos Mila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo Mila, recheado de aventuras
      e surpresas, torcendo para vocês ganharem,
      bjs

      Excluir
  4. Nossa Solange qeu resenha interessante... Quando você postou aqui a parceria e eu vi a capa do livro, eu esperava algo grandioso para se ler, mas sua resenha superou as minhas expectativas com relação ao livro. Adoro livros de fantasia. Dica mais que anotada. bjoks
    Eykler

    ResponderExcluir
  5. Eu tive o prazer de ler esse livro e fiquei igualmente encantada com o talento de Sérgio. Acho que livros fantásticos são sempre os mais dificeis, porque exigem além de talento, uma pesquisa muito delicada, para inserir todos os elementos certos na obra. Adorei...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, o Sérgio acertou
      muito nesse livro Elimar,
      quero muito ler a continuação,
      bjs

      Excluir
  6. Confesso q não conhecia esse livro. E lendo sua resenha, agora quero ler tbm, irei colocar na minha wishlist sem fim. Amooo livros de fantasia.

    http://www.lostgirlygirl.com

    bjos

    ResponderExcluir
  7. Estou interessada nesse livro!
    Tenho lido muitas resenhas positivas.

    Aldebaran me lembrou Cavaleiros do Zodíaco hahaha

    Bjs

    ResponderExcluir

Olá, leitores e blogueiros.
Os comentários de vocês são muito bem-vindos.
Respondo a todos, deixe o link de seus blogs,
vou adorar visitar e comentar.

Bem vindos a Love Books.