25 maio 2013

{Resenha} O Grito Vermelho - A Sinfonia da Morte (Bruno Godoi)



Olá leitores e blogueiros,

Gostaria de pedir desculpas ao Bruno Godoi pela demora desta resenha. Tive vários contratempos, assim favorecendo o meu atraso. Vamos â resenha.



Autor: Bruno Godoi
Editora: Novo Século
Págs.: 320
No Skoob

Sinopse: França, Mongólia e Brasil, 1960. Marcado por pesadelos e lembranças do passado, Louis Simon, um melancólico e depressivo policial parisiense, é enviado ao norte da Mongólia para investigar a morte brutal de 12 pessoas encontradas com os crânios estourados “de dentro para fora”. Com a ajuda de Antoní Kazarras, um padre exorcista a serviço do Vaticano, Simon trilhará seus primeiros passos ao encontro de seus maiores temores e medos... Sua própria alma. Conspirações governamentais, segredos militares, assassinos silenciosos, inimigos misteriosos e acontecimentos sobrenaturais, tentarão arrastar o policial e o padre de seus caminhos da retidão, e abrirão as portas para o mal que consome o coração dos homens... E ainda, afastarão Louis Simon de sua maior busca: Sua redenção. O Grito Vermelho: O lamento silencioso da alma...


Quero agradecer ao Bruno Godoi pela oportunidade de ler sua obra, pois é a primeira vez que leio este gênero. Me surpreendi muito com a narrativa, me vi em altos e baixos com este livro.

Vocês não sabem a origem do mundo, vocês não podem confirmar a existência de Deus. O homem nasce, cresce e morre. A carne é passageira, a consciência é imortal. O homem senta no trono terrestre, o consciente reina sobe as camadas do subconsciente; porem, quem dentre vós lutara por um trono quando é para se reinar no inferno? Eu? Eu sou apenas um maestro, meu filho. Quem toca os instrumentos são vocês...
Amatusael, Legionis - pág. 19

O livro é narrado em 1960, onde na Mongólia em exatamente no Lago Su-ayna são encontrados 12 pessoas mortas brutalmente.  Para assumir e investigar este caso o Agente Especial  da SPAI o Lois Simon é convocado. Lois é um policial parisiense melancólico e depressivo, onde suas lembranças do passado o atordoam constantemente, será que ele é capaz para resolver estas investigações? Ele não esta só, tem uma equipe excelente onde cada um tem suas próprias habilidades. Deneuve Mohands seu único amigo, Susannah Andèrs, Adam Tomás, Martin e Patrick.

Cada um começa a examinar o perímetro e os corpos, onde no final do dia se reúnem e dão os seus esclarecimentos, formando assim uma parte do quebra cabeça. Mas a varias questões deixadas em aberto, assim como os personagens nos leitores também ficamos confusos e querendo compreender, o porque de tais mortes e como elas foram feitas.

Para melhorar e explanar as investigações, conhecemos o padre Antoní Kazarras exorcista e a serviço
do Vaticano onde as pressas visitara Paris e prestara ajuda a Lois. As informações dadas pelo padre Kazarras foram de grande importância, onde Lois junto com o padre saíram por Paris atrás de mais respostas. Tais investigações levaram Lois Simon ao Brasil em especial no Rio Vermelho. Onde o padre Kazarras se comunicou com Carrano e pediu sua ajuda.

Carrano aceitou o pedido do padre e convocou seus colegas Domingos, Roberto, Ricardo e Edmundo  para ajudá-lo em uma pesquisa superficial em Rio Vermelho, uma cidade limítrofe a São Paulo. Estes personagens, cada um deles tem uma historia por traz, um sofrimento. Em momentos ficava brava com algum deles, porque em certo decorrer do livro eles colocavam as investigações em risco, levando a algum perigo maior. Mesmo assim as buscas, investigações deram em vários lugares diferentes, perigosos e a algumas pistas. Senti falta do Lois, achei que ele fosse participar destas pesquisas junto com os colegas de Carrano e aparecer mais no livro, mas como terá a continuação, suponho que em algum momento eles se encontrarão e veremos mais as atuações do agente Lois Simom e sua equipe.

O final do livro foi muito bom, fiquei me perguntando como assim? Cadê o resto? rs O autor nos levou a um caminho que começamos a compreender melhor sobre os mistérios que nos acompanha desde o inicio do livro. Não vejo a hora de ler a continuação.

Bruno Godoi esta de parabéns com este livro, com um vocabulário rico utilizado para escrevê-la, referências artísticas e literárias onde o leitor sai ganhando em conhecimento. Teve o maior cuidado para construir os personagens e escolher o nome de cada um na história. Quem tiver a oportunidade de ler este livro e recomendo se deliciara com as ilustrações. O livro esta recheado de desenhos cada um mais lindo que o outro feito por Vinicius Cesar, sou suspeita para falar, pois adoro estes tipos de desenhos.


O Grito Vermelho - A Sinfonia da Morte, foi uma leitura deliciosa. Além de conhecer melhor o trabalho do autor, tive a oportunidade de ler uma obra como esta. Queridos leitores recomendo este livro e leitura. E que venha a continuação, "O Grito Vermelho Volume 2 — Apocalipse mental".

~> Para conhecer melhor o autor e sua obra:


Nota:






8 comentários:

  1. Nossa!!!!
    Tenso isso, heim!
    A capa é assustadora, mas pelo visto, o intencional era esse mesmo.
    Apesar de não fazer muito o meu estilo, parece ser um livro bastante bom.
    Sua resenha ficou incrível, amiga!! Adorei os desenhos.

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Sol gostei muito de sua resenha e apesar de não ler muito este estilo de literatura eu senti vontade de ler este livro, os nossos autores estão ganhando muito espaço e fico feliz por isso..

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Essa capa sempre me chamou atenção,mas eu não sabia bem o que esperar do livro,mas agora sei exatamente como ele é e que vou gostar bastante!!!

    Bjsss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Parece muito bom esse livro, gosto desse tipo. Mais um agora na minha listinha de desejos hehe adorei a resenha, boa demais (:

    Passa lá no Just Babis (:

    ResponderExcluir
  5. Histórias policiais são sempre envolventes e marcantes, por nos colocar de frente com um universo quase que paralelo. O livro parece muito interessante e sua resenha dá a ele um gancho legal.

    ResponderExcluir
  6. Gostei da sua resenha. Eu ainda não conhecia o livro, mas após ler sua resenha fiquei com vontade de ler e descobrir este final, que tanto te intrigou... kkkkkk
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  7. Aeee querida! Parabéns pela resenha ! Adorei... O Bruno é foda né?!

    Tipo eu amei o Grito e estou ansiosa pelos próximos!

    Beijos

    Livros... Quero ler sempre

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro...
    Parece muito interessante... adoro finais inesperados!

    Bjs

    ResponderExcluir

Olá, leitores e blogueiros.
Os comentários de vocês são muito bem-vindos.
Respondo a todos, deixe o link de seus blogs,
vou adorar visitar e comentar.

Bem vindos a Love Books.