01 janeiro 2013

[ Resenha ] Amazônia Um Caminho para o Sonho


Ola leitores e blogueiros,
como foi as Festas de Fim de Ano? Muitas promessas e agradecimentos? O meu foi um pouco turbulento pois tenho 4 cachorros e eles odeiam fogos, então já viram meu desespero. Moramos perto da praia e a minha família quis ir para Orla para ver os fogos, mas quem me acompanha no facebook viu que fiz varias campanhas para não abandonar seu animalzinho nesta hora tão difícil. Ficamos em casa, mas valeu a pena. Amo meus bichos e não vou abandona-los. E nada mais justo do que trazer uma resenha tão especial como esta, que fala e descreve dos problemas que a Amazônia vem passando. Mas calma que o livro não só fala disso. O livro é muito rico e aborda vários assuntos. Para vocês entenderem do que estou falando, vale a pena ler o livro e acompanhar esta resenha.


Amazônia Um Caminho para o Sonho
M. C. Jachnkee
Pág.:  274
No Skoob
Sinopse: Em "Amazônia- um caminho para o sonho", os personagens são de Ascurra e em busca de uma mudança na vida, partem para a maior Floresta Tropical Úmida do Mundo. Da majestosa Manaus dos Barões da borracha, passando pela festeira Parintins, subindo o rio Tapajós ao encontro de Fordlândia- a cidade americana construída em meio à selva até a Belém dos índios Tupinambás que observaram a chegada dos conquistadores na Baía. Eles precisarão se adaptar e encarar realidades diferentes. Irão conhecer muito dos pontos turísticos e também da história da região norte do Brasil. É um livro que traz muita informação histórica e de uma maneira sutil vai-se apresentando os personagens e a trama.


A resenha que fiz deste livro é bem especial. Não tive ainda a oportunidade de conhecer as cidades Amazônicas como por exemplo Manaus. Mas ao mesmo tempo é como já conhecesse, pois minha mãe já morou em Belém e sei mais ou menos onde fica os pontos turísticos, como é a gastronomia do local e suas culturas e tradições. Ler este livro é como eu mesma estivesse viajando por estas cidades belíssimas e de tanta cultura. A Marli soube colocar cada detalhe, deixando o livro rico em experiências agradáveis e descobertas fascinante.

O livro narra a viagem de Rafaela, Camila, Joana, Ana Carolina e Daniel. A sua primeira parada foi em Manaus onde a autora já nos mostra a sua historia local. Daniel nesta viagem é como fosse um guia, pois ele sabe alguns detalhes da região como suas historias e tradições. Uma de suas historias que logo de cara aborda o leitor é sobre o índio Ajuricaba. Daniel conta de um jeito que as personagens quanto o leitor ficam fascinado e com vontade de querer saber mais. Ainda em Manaus nós e os personagens vamos conhecer o Teatro Amazonas. Onde o guia do teatro nos conta as curiosidades e os detalhes, de cada pedacinho do teatro. Como disse, sei algumas coisas das cidades Amazônicas e uma delas é sobre esse teatro. Mas não conhecia os detalhes e mais uma vez fiquei fascinada com tudo que li.

O trajeto dos viajantes de conhecimento e cultura era de Manaus até Belém, passando nas cidades de Parintins, Santarém e Fordlândia. Fordlândia me chamou a atenção, pois não conheço a sua historia e estava louca pra que eles chegassem logo lá e soubesse mais detalhes desta cidade.
Ao decorrer do livro vamos conhecendo melhor os personagens, as suas historias e os seus objetivos. Todos os personagens me agradaram, cada um com sua personalidade e inteligência. Todos entravam e saiam de uma conversa inteligente, sempre sobre a viagem, da Amazônia como um todo, falando do desmatamento, dos crimes que até hoje rolam por lá. E deixando em aberto questões que nem eu sabia.

Alguns momentos tive raiva da Rafaela, pois o seu sonho é escrever um livro. E a sua viagem por essas cidades era para abrir sua mente e ajuda-la a escrever seu livro. Em alguns momentos ela quis desistir, quis voltar para a sua cidade, pois ela estava vendo coisas que nem sabia que existia. Entrando em conflito com ela mesma, uma pessoa insegura. E as vezes isso irritava. Mas analisando bem, todos nós quando estamos atrás de um sonho e temos que passar por determinadas experiências ficamos como a Rafaela, com medo, inseguros. Mas Daniel e suas amigas ajudaram-na, e a partir do meio do livro ela ficou mais forte, decidida.

Vemos também um romance puro nascendo entre Rafaela e Daniel. Muitas trocas de olhares e varias frases que o Daniel soltava para a Rafaela que a deixava sem ação ou sem palavras. Mais uma vez me irritei com um personagem e foi o Daniel. Ele sabia deixar a Rafaela sem ação com essas atitudes mas logo saia de campo deixando-a pensativa. E não rolava mais nada.
A viagem toda foi assim, trocas de olhares, quando ficavam a sós ele sabia mexer com ela, os dois se queriam bastante, mas não tinham muito dialogo.

Sei que essa viagem foi de autoconhecimento, mas a autora poderia ter trabalhado mais em cima deles, ter colocado mais situações de conversa com eles, mesmo que não rolasse nada, como era muito bom quando os dois ficavam sozinhos e começavam a conversar, mas era papo rápido e ele sempre soltando as suas frases de efeito deixando-a pensativa.
Daniel falando para Rafaela: "Eu te quero!- confessou, num sussurro quase inaudível"

Como era de se esperar chegaram na cidade de Fordlândia e o leitor começa a desvendar a sua historia. A cidade recebeu esse nome, pelo fato de que Henry Ford, ser meio que o dono da cidade e ter tentando fazer seus negócios por ali, onde vários americanos moravam e muitas promessas foram feitas. Mas o seu reinado logo acabou. Estudo administração e não tinha conhecimento sobre este fato e olhe que estudamos muito sobre como Henry Ford foi um bom administrador. Essa viagem foi aproveitosa para o leitor.

Conheci muitas coisas que não tinha ideia. A Marli também cita no livro as suas comidas locais como o guarana do Amazonas, o tacacá, o quebra-queixo que aqui onde moro chamamos de pucha-pucha ou japonês, entre outras comidas. Conhecemos também a Casa da Ópera, o mercado Ver-O-Peso e outros pontos turísticos.
Resumindo, amei ler este livro e conhecer cada pedacinho da Amazônia, pois não temos ideia de como é a cultura deles e suas tradições. Um excelente livro. Recomendo.

- "E hoje, o mundo olha para nós com desconfiança porque somos um país pobre. Mas se esquecem de que somos pobres graças a estas pessoas que viveram aqui apenas para roubar as riquezas deste pais, e que continuaram a fezes o mesmo."
Pág.: 30


7 comentários:

  1. Solange, o que dizer de tão belas palavras???
    Menina, vc foi bem fundo!! Fiquei encantada.
    Teremos a continuação do livro hehehe
    Obrigada pelo carinho escrevendo essa resenha linda que saiu do seu coração! beijinhos para vc!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marli Carmen, se vai ter continuação. Agora entendi as trocas de olhares. kkk
      Obrigada por me fornecer um livro tão rico.
      bjs

      Excluir
  2. Menina!! eu amo esse livro é sério, sabe que um amigo meu ia pegar emprestado, *ia* porque eu esqueço de emprestar ele, hehe acho q é o medo de perder. Vale muito a pena tem as lendas comidas típicas amor garra e sonhos e assunto sério! Defender a Amazônia. Muito lindo adorei sua resenha! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Paulinha Brasil3/1/13 10:11 PM

    Sol,
    adorei, nossa, não conheço o livro, mas com sua resenha fiquei com vontade de ler.
    Estou super orgulhosa de você, por tudo, principalmente pelo blog.
    Acessarei mais vezes.
    Estou muito orgulhosa de você, as vezes perdemos tanto tempo com besteiras e esquecemos de valorizar atitudes como a sua parabéns.
    Sua prima, Paulinha Brasil.

    ResponderExcluir
  4. Eu vou amar esse livro!
    Tenho certeza que vou. Já amei e me deliciei com a sua resenha, imagina com o texto original.
    Gosto de viajar através da leitura. De conhecer novos lugares, novas pessoas, novas culturas.
    Me sinto estranhamente livre quando isso acontece.
    Mal vejo a hora de ter essa riqueza em minhas mãos.
    Um beijo ;*

    Juliana . Oliveira
    trocandoconceitos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Sol, adorei a resenha!
    Esta é a segunda que leio sobre este livro e como a outra, me deixou morrendo de vontade de lê-lo.
    Tenho muita curiosidade de conhecer a Amazônia e sua resenha me deu a impressão de que o livro nos dá muitos detalhes sobre esta terra maravilhosa.
    Espero ter a oportunidade de um dia conhecê-la, nem que seja através do livro. kkk
    Bjus flor

    ResponderExcluir
  6. Olá querida adorei o seu blog ja ate me inscrevi nele.. ;)) voce poderia contribuir e se inscrever no meu blog tbm??
    http://babbisecrets.blogspot.com.br/
    Obg viiu ;))

    ResponderExcluir

Olá, leitores e blogueiros.
Os comentários de vocês são muito bem-vindos.
Respondo a todos, deixe o link de seus blogs,
vou adorar visitar e comentar.

Bem vindos a Love Books.